Pular para o conteúdo

O poder do tráfico vem da sensação de impunidade que atinge toda sociedade

20/11/2016

 

 

Quando todos em uma sociedade transgridem, em maior ou menor grau de gravidade, ou quando todos aqueles que detêm o poder começam a sentir os vapores da impunidade, então esta sociedade está esboroando-se, implodindo em seu próprio arcabouço legal.

O fato emblemático de marginais do Comando Vermelho  abater um helicóptero no Rio de Janeiro, enquanto moradores vaiavam policiais que tentavam invadir uma favela na Cidade de Deus, é sinal de que existe uma falência galopante de valores em nossa sociedade.

Há pouco menos de três décadas, marginais e traficantes sabiam que podiam aprontar todas, menos atirar na Polícia. Hoje, eles vaiam os policiais que estavam sob a mira de fuzis, em situação de flagrante desvantagem, como aparece em vídeo que já viralizou na internet.

O Brasil precisa de uma reforma urgente na sociedade, no judiciário, nos executivos, nos legislativos. Precisa de mais presídios e mais presidiários, para que se perca essa sensação de impunidade nos vários extratos sociais.

Não precisamos de um estado policial, mas a mão pesada da Justiça. Precisamos renovar nossos princípios de cidadania. Precisamos restabelecer a ordem republicana e democrática da Nação. A começar pela extinção de uma classe de privilegiados na Justiça, no Legislativo e no Executivo.

Como afirmou o libertador do povo sul-africano, Nelson Mandela, tudo é considerado impossível até acontecer. Se o Brasil desejar, acaba, em uma década, com o crime em todas as esferas da Nação.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: