Pular para o conteúdo

12 homens atacam agência bancária e fuzilam sargento da Polícia Militar

29/10/2016
erval_grande_au_onlineViatura foi atingida por diversos disparos (Foto: Julio Mocelin/ Auonline.com ) Conteúdo editado por g1.globo.com

Um sargento da Brigada Militar foi morto em uma troca de tiros com bandidos armados que atacavam uma agência do Banrisul, na cidade de Erval Grande, no Norte do Rio Grande do Sul, na madrugada deste sábado (29).

De acordo com a Brigada Militar, após ouvirem uma explosão os policiais se dirigiram ao local e foram recebidos a tiros por cerca de 12 homens armados.

O sargento João Marcelo Borges Desidero foi atingido com dois disparos no abdômen. Ele foi levado em estado grave para o Hospital de Caridade de Erechim, onde não resistiu aos ferimentos e morreu, conforme confirmou a Brigada Militar no começo da manhã.

Os bandidos, de a acordo com o relato de testemunhas à Brigada Militar, estariam em uma S-10 de cor branca, e não foram localizados. A polícia faz cerco na região para tentar localizar os suspeitos. Homens do 13º Batalhão, de Erechim, foram deslocados até a cidade para ajudar nos trabalhos.

Agência bancária ficou destruída com a força da explosão (Foto: Julio Mocelin/ Auonline.com)Agência bancária ficou destruída com a força da explosão (Foto: Julio Mocelin/ Auonline.com)
Policiais foram recebidos a tiros por cerca de 12 homens armados (Foto: Julio Mocelin/ Auonline.com)Policiais foram recebidos a tiros por cerca de 12 homens armados (Foto: Julio Mocelin/ Auonline.com)
Nota da Redação:
Há 10 anos, o Rio Grande do Sul era uma ilha de prosperidade: agronegócio forte, produzindo quase 20 milhões de toneladas de grãos, agricultura familiar desenvolvida, indústria de auto-peças (a segunda maior do País), bom nível de escolaridade, muita segurança precedida pela gloriosa Brigada Militar. 
Hoje, Porto Alegre é uma cidade sitiada pela bandidagem, a economia está em franco descenso e a educação virou uma metáfora, um pálido exemplo do que era.
3 Comentários leave one →
  1. José Antonio da Luz permalink
    29/10/2016 10:35

    o que que ouve com nosso Rio Grande? má gestão ou os bandidos foram todos pra lá.

  2. Arlindo permalink
    29/10/2016 12:41

    Isso Sampaio e o reflexo da gestão do seu partido o preço que dominou anos no RS.

    Nota da Redação:
    Que meu partido, cara-pálida? O meu partido se chama Partido Libertador e já foi extinto. O PT só foi poder por 4 anos no RS. Antes deles, vieram PMDB e PSDB e agora está com PMDB de novo. Não são partidos, meu caro. São os modelos políticos. Os esquemas que todos os partidos adotaram, nesta combinação terrível de má gestão combinada com corrupção e projetos de perpetuação no poder.

  3. Marco Antonio permalink
    31/10/2016 18:11

    Porto Alegre, reduto Petista! Rio Grande do Sul deixou de ser ilha de prosperidade desde os anos 80! Desemprego, drogas e bandidagem tomaram conta do estado. Não sei se foi culpa exclusiva do PT, mas o último governo … Deus me livre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: