Skip to content

MP e forças policiais desarticulam esquema de propina no Tribunal de Justiça

04/10/2016

Ação tem condução coercitiva de 2 ex-desembargadores e 3 advogados. E apura propinas de valores inimagináveis de até R$500 milhões.
Informação foi divulgada na manhã desta terça-feira pelo Ministério Público.

Dois ex-desembargadores e três advogados foram alvo de condução coercitiva durante a “Operação Leopoldo”, deflagrada na manhã desta nesta terça-feira (4), com o objetivo de desarticular esquema criminoso envolvendo cobrança de propina em causa sob julgamento no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A informação foi divulgada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: