Skip to content

Refletindo sobre a cidade em 2017

21/09/2016

Cidades com menos de 200 mil eleitores e muitos candidatos às eleições majoritárias podem enfrentar uma situação pouco frutífera: o candidato eleito dificilmente ultrapassará mais de 35% dos votos válidos, o que significa que terá de enfrentar, em sua gestão, pelo menos 65% dos eleitores que o rejeitaram nas urnas.

Isso também pode significar que esse candidato terá, no Legislativo, uma minoria de vereadores, os quais dificilmente darão suporte às suas ações à frente do Executivo.

Essa maioria na Câmara é importante: na semana passada o prefeito Humberto Santa Cruz mandou importante projeto para o legislativo, o Plano de Reclassificação de Cargos e Salários e o presidente em exercício nem dignou-se a colocar na pauta o documento. E ainda reclamou dos servidores que foram à Câmara para assistir o debate sobre o Plano.

Assim como a Câmara frustra agora os servidores municipais, frustrou também a doação de área de 50 hectares para a UFOB. Hoje a Universidade já poderia estar recebendo seus alunos em prédios próprios.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: