Skip to content

Motim incendeia unidade prisional de regime semiaberto em Palmas

30/08/2016

Incendio_Ursa_420
Os bombeiros combateram na manhã desta terça-feira, 30, um incêndio na Unidade de Regime Semiaberto Masculina (Ursa) de Palmas. As chamas atingiram todo o alojamento e a estrutura do local ficou comprometida. Em nota, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) afirmou que o motim se iniciou por volta das 8 horas.

A Seciju informou que dos 93 detentos, 37 são autorizados pela Justiça para o trabalho externo e, por não estarem no local durante a ocorrência, provavelmente, terão progressão da pena passando assim para o regime domiciliar. “Os outros 56 detentos terão regressão da pena passando do regime semiaberto para o regime fechado”, afirmou na nota.

Com o fogo, a unidade foi parcialmente destruída danificando os alojamentos e não sendo possível a permanência dos detentos que serão encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP de Palmas).

O chamado foi feito por um brigadista que passou pelo local e comunicou ao Sistema Integrado de Operações. Os militares chegaram ao local às 8h47, e três equipes foram deslocadas para atender a ocorrência, os bombeiros finalizaram o combate após uma hora de trabalho.

“Ao chegarmos, o incêndio tomava conta de todo o alojamento. Centralizamos nosso atendimento no local do fogo, conseguimos fazer a liberação dos acessos e iniciamos o resfriamento da área. Visivelmente percebemos que a estrutura ficou comprometida porque as vigas de ferro de sustentação do telhado chegaram a ceder com o forte calor”, explicou o oficial de área que participou do combate capitão Fábio.

Cerca de 40 pessoas estavam no local no momento do acidente, mas ninguém ficou ferido. A unidade possui ao todo 93 presos dentro do regime semiaberto. A área foi isolada pelos bombeiros.

A perícia já foi acionada e, posteriormente, a delegacia especializada divulgará um laudo informando as causas do incêndio. (Com informações da Ascom do Corpo de Bombeiros do Tocantins)

Semiaberto
O regime semiaberto é aquele em que o preso pode cumprir pena com o benefício de poder sair para trabalhar durante o dia e retornar para a unidade à noite. Nesse regime, a Justiça permite que o condenado possa ficar alojado em locais coletivos, sem o mesmo rigor de uma unidade de regime fechado, e sua pena estará atrelada ao seu trabalho. A quebra dessa relação de confiança com o Sistema Prisional e com a Justiça implica na regressão de pena.

 

Visto cartão

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: