Skip to content

O baiano Isaquias divide a prata de hoje com seu companheiro Erlon Silva

20/08/2016

ROTATE-CANOA

O baiano Isaquias Queiroz foi buscar hoje mais uma medalha de prata. Ao cruzar a linha de chegada da final da canoa dupla 1000m, Isaquias Queiroz levantou-se da canoa já como o maior medalhista brasileiro em uma edição dos Jogos Olímpicos e apontou para o companheiro Erlon Silva, que caiu no choro.

rotate canoa 2

Apesar de todos os holofotes estarem voltados para Isaquias, o baiano de Ubaitaba mostrou que Erlon era bem mais que um mero coadjuvante de um dia histórico. Juntos, Isaquias e Erlon foram campeões mundiais em Milão, no ano passado, e não chegaram ao título olímpico por menos de um segundo. Fenômeno da canoagem nacional, Isaquias enxerga muito do parceiro de seis anos em seus feitos.

Uma história de pobreza, sofrimento e superação: o herói da canoagem tem apenas um rim deste o acidente aos 10 anos de idade.

Isaquias colocou a cidade de Ubaitaba no mapa do Brasil. Cidade e município do estado da Bahia (ex-Itapira) , na região de Ilhéus-Itabuna, fundado em 1933. Tem uma área de 221 Km.2., desmembrada do município de Itacaré; uma população de cerca de 21 mil habitantes e fica distante 450 Km da capital do estado. Situa-se na margem esquerda do rio das Contas e seu nome em tupi-guarani significa árvore da uva ou da flecha. Mas já tem filólogos afirmando que a denominação Uba (canoa) e taba (cidade) é a mais correta.

Trajetória

Em 2011, Isaquias venceu o Mundial Júnior, disputado na Alemanha, e garantiu o ouro na prova de C1 200m e a prata no C1 500m. Nunca um canoísta brasileiro havia obtido tal título nas categorias.

De lá pra cá, Isaquias ficou sob os olhares atentos dos treinadores e passou a fazer parte do programa “Projetos Especiais”, criado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), visando a Olimpíada. Desde então passou a treinar em São Paulo, na represa Guarapiranga e na raia olímpica da USP, sob os cuidados de Jesús Morlán, espanhol considerado um dos melhores técnicos do mundo em canoagem de velocidade.

Mas a trajetória do medalhista passou por alguns percalços antes do ouro Olímpico. A infância pobre certamente foi um de seus maiores desafios. Filho de dona Dilma, servente da rodoviária, quando tinha três anos sofreu um acidente no fogão de casa e quase perdeu a vida para as queimaduras. Aos 5 anos, ele foi vítima de um sequestro por criminosos na região. Mas voltou para casa. Não suficiente os sustos já vividos, aos 10 anos, caiu de uma árvore, teve hemorragia interna e perdeu um dos rins – o acidente deu nome ao apelido: “Sem rim.”

A infância travessa foi acompanhada pelo cuidado e apoio da mãe guerreira – o pai faleceu quando ele ainda era novo – e o encontro do moleque cheio de energia com a canoagem aconteceu de em um projeto social que incentivava o esporte.

No início era só mais uma brincadeira, ou melhor, mais uma preocupação. Todos os dias ela ouvia dos conhecidos que precisava aquietar o garoto, pois o seu corpo sem o órgão não iria aguentar o esforço da canoa. No entanto, para ela, saber que ele estava no esporte era uma espécie de segurança, já que trabalhava o dia todo para sustentar a família.

O desempenho do garoto tão logo chamou atenção de Figueroa Conceição, na época auxiliar técnico de Jefferson Lacerda e responsável pelo projeto social. Eram 200 crianças para aprender a remar e Isaquias se destacou por sua desenvoltura na água.

 

One Comment leave one →
  1. ivaldoalves permalink
    20/08/2016 15:45

    Parabéns aos dois! Espero que os empresários, ao invés de dá propina aos malandros políticos, ajudem os dois a treinar e mostrar que o Brasil é terra de macho, de pessoas simples e lutadoras! Não custa na patrocinar os atletas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: