Pular para o conteúdo

Estamos perdendo a guerra com o mosquito Aedes Aegypti?

14/02/2016
Fumigadores portáteis, usados em São Paulo. (Foto de Rovena Rosa/Agência Brasil)

Fumigadores portáteis, usados em São Paulo. (Foto de Rovena Rosa/Agência Brasil)

Não sei como está a situação de infestação nos municípios do Oeste baiano. Barreiras, por exemplo. Mas em Luís Eduardo Magalhães a população de mosquitos é grande e já começam a aparecer casos de dengue, depois do final da chuvarada. Calor e alta umidade relativa parecem ser favoráveis à disseminação do mosquito e de suas viroses.

O armamento convencional, repelentes, ventiladores, ar condicionado, espirais com piretróides, repelentes com energia elétrica e casa toda fechada não parece estar funcionando a contento.

Médicos descobrem nova síndrome

Casos registrados na Paraíba revelam danos associados ao zika mais severos que os vistos até agora, revela Ana Lucia Azevedo. Médicos estão ainda sem entender episódios de malformação cerebral e nas articulações ligados ao vírus na gestação. Bebês nascem por vezes com o perímetro encefálico normal, mas sem partes do cérebro, como o tálamo e o cerebelo. A síndrome vem sendo chamada de zika congênita. No sertão paraibano e na periferia de Campina Grande, grávidas relatam o drama de receber o diagnóstico de microcefalia dos bebês. (Na página 7, de O Globo)

One Comment leave one →
  1. jose ivaldo botelho alves permalink
    14/02/2016 8:41

    Amigo, quando uma nação pede para um mosquito, imagine se vai ganhar dos gabirus do dinheiro publico!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: