Pular para o conteúdo

“Operação Hígia” desarticula esquema que desviou cerca de R$ 5 milhões da Secretaria de Saúde de Salvador

29/09/2015

 

Um esquema criminoso, que desviou cerca R$ 5 milhões da folha de pagamentos da Secretaria de Saúde do Município de Salvador, começou a ser desarticulado no início da manhã desta terça-feira, dia 29, por meio da ‘Operação Hígia’, deflagrada pelo Ministério Público do Estado da Bahia através do seu Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). A operação busca cumprir seis mandados de prisão temporária, quatro de condução coercitiva e cinco de busca e apreensão. Segundo informações do Gaeco, o esquema ocorria desde o ano de 2010. Ele começou a ser investigado em maio de 2015 a partir de representação formulada pelo secretário municipal de saúde.

As investigações, conduzidas pelo Gaeco com o apoio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência do MP (CSI), constataram ainda que a fraude vinha sendo implementada por uma funcionária pública responsável pela gestão da folha de pagamentos de terceirizados da Secretaria, o que era efetivado por meio do desvio de salários para contas de “laranjas”. Os envolvidos estão sendo investigados pela prática dos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Secretaria Municipal de Saúde colaborou com as investigações desde o início, o que contribuiu para o desenvolvimento da operação.

A operação desencadeada hoje pelo Gaeco contou com a participação de promotores de Justiça que integram o Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes contra a Ordem Tributária, Econômica, as Relações de Consumo, a Economia Popular (Gaesf), bem como de policiais do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Promotores de Justiça e a Polícia Civil de Itapetinga,  bem como a Corregedoria-Geral da Polícia Militar, também deram apoio às ações.

Os resultados da operação serão apresentados pelo Gaeco durante entrevista coletiva, que acontecerá às 15h, na sede do Ministério Público estadual, no bairro de Nazaré (Av Joana Angélica, n º 1.312).

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: