Pular para o conteúdo

Os fariseus da Saúde na Bahia

31/07/2015

fariseus

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) anunciou, com alarde, que destinará R$ 3,7 milhões aos municípios para aplicação em ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da febre chikungunya, dengue e zika. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (30). Só até julho deste ano, de acordo com a Sesab, foram notificados na Bahia 94 mil casos da tríplice epidemia, sendo 50.893 ocorrências suspeitas de dengue, 9.312 de chikungunya e 34.518 de zika.

Agora, veja quanto vai sobrar para cada município:

As cidades com até 20 mil habitantes receberão R$ 5 mil; os que possuem entre 21 mil e 50 mil habitantes obterão R$ 10 mil; aqueles com população entre 51 mil e 100 mil habitantes embolsarão R$ 15 mil; e os municípios com mais de 100 mil habitantes terão R$ 20 mil para cada grupo de 100 mil moradores.

O que um município como Luís Eduardo Magalhães faz com R$15 mil? Absolutamente nada.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: