Pular para o conteúdo

Falta sinalização na travessia de Luís Eduardo. As mortes continuam.

26/01/2015

rodoviaNa noite de sábado,  por volta das 20h, o ibotiramense Antonio Carlos Alves da Cunha, de 31 anos, foi atropelado com sua moto por um veículo GM Corsa, de cor verde escura, no trecho duplicado da BR 242, na altura do Posto 100, na altura do bairro Jardim das Acácias, na cidade de LEM.
De acordo com informações, dois veículos, uma caminhonete e o Corsa, trafegavam sentido centro da cidade, quando adentraram no trecho duplicado da rodovia pela contramão.
O motociclista, que trafegava sentido Jardim das Oliveiras, foi surpreendido pelo Corsa. Após atingir o motociclista, o motorista do veículo evadiu-se do local, passando por cima de um canteiro de concreto que divide as pistas, deixando para trás o motociclista agonizando.
O SAMU foi acionado e chegou rapidamente ao local para prestar o socorro à vítima. Antonio Carlos, muito ferido, após ser estabilizado, foi transferido para o Hospital do Oeste, em estado grave, onde nos primeiros minutos da madrugada deste domingo, 25, não resistiu e morreu. Do Sigi Vilares.

Na sexta-feira à noite, um caminhão tanque de 7 eixos, com tanques inoxidáveis, estava parado, na intersecção da rodovia com o trecho duplicado, com o pisca-alerta aceso, tentando dar uma ré, pois também tinha entrado na contramão.

O trecho complicado: a sinalização vertical não é suficiente. É necessária a implantação de divisores físicos refletivos, como aqueles que a Prefeitura implantou nas vias paralelas ou locais.

O trecho complicado: a sinalização vertical não é suficiente. É necessária a implantação de divisores físicos refletivos, como aqueles que a Prefeitura implantou nas vias paralelas ou locais.

A responsabilidade pelo tráfego de veículos em rodovia não sinalizada é da empreiteira, que está postergando indefinidamente o término da obra. Recomenda-se às vítimas que acionem a Justiça pela indenização de seus danos materiais e morais, bem como representem pela responsabilização criminal dos diretores da empreiteira e do DNIT, responsável pela obra. Isso que está acontecendo é crime.

 

PLANO-SAZONAL-MAIS-RANGER

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: