Pular para o conteúdo

2014: o ano que não acaba, tanto na Casa Grande, como na Senzala

30/12/2014

depoimentos ex-escravos blog do iba mendes humor darwinista

Uma linha sutil, que une o Presídio da Papuda, localizado em um lindo vale no Planalto Central do Brasil, e o foro da Justiça Federal, na fria e culta Curitiba, nos dá plena certeza de que o ano de 2014 irá se adentrar por 2015, numa intromissão histórica e cronológica traduzida na expressão “o ano que não acabou”, como aquele longínquo 1968.

Os articulados movimentos de Situação e de Oposição no País em 2014 ainda tremulam entre aqueles que não querem perder o poder e os seus antagonistas, que desejam, restabelecer o poder que perderam em 2002. Doze anos fora do poder parece insuportável para os autênticos do PMDB, que fundaram o PSDB e dominam o Estado de São Paulo, por décadas.

Dominam 40% do PIB, dos eleitores, dos recursos públicos, mas querem, ora essa, 100%!

Nesta próxima segunda-feira, quando o País emerge das festas de final de ano, sentir-se-á, no cheiro das ruas, nas manchetes da imprensa, nas afirmações dos políticos, que tudo continua igual como dantes, uma luta surda e raivosa pelo poder, enquanto o povo, mais de 200 milhões de brasileiros, alheio a tudo, continua vilipendiado, usurpado, explorado e manietado pela ignorância posta e imposta por gerações de poderosos.

Na Casa Grande não se comemora o final do ano, apesar do espumante, dos fogos, dos iates, das mulheres cheirosas e da ostentação.

Na Senzala, entre goles de parati, o povo, alegre por sobreviver, mas amargo com as dificuldades que enfrenta, apenas quer que o ano acabe, para tentar alcançar um horizonte ainda invisível em que sejam destruídos os pelourinhos e se pratique uma diáfana democracia nesta invejável terra de Nosso Senhor Jesus Cristo, Oxalá, Jeová e Alá.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: