Pular para o conteúdo

Humberto Santa Cruz participa de Dia de Campo do Algodão e defende melhorias em pesquisas 

30/06/2014
Humberto Santa Cruz em conversa com Ademar Marçal, conversam sobre manejo do sistema de produção para a sustentabilidade dos cultivos

Humberto Santa Cruz em conversa com Ademar Marçal, conversam sobre manejo do sistema de produção para a sustentabilidade dos cultivos

            O prefeito Humberto Santa Cruz participou neste sábado, 28 do maior evento técnico da cotonicultura do Estado da Bahia, o Dia de Campo do Algodão, uma realização da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Fundação BA, Embrapa Algodão, com apoio do Fundeagro.

O dia de campo aconteceu na área experimental da Fundação BA, apêndice do Programa Melhoramento do Algodão da região oeste, pareceria entre Fundação Bahia e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Em conversa com o presidente da Fundação BA, Ademar Antônio Marçal, Humberto Santa Cruz falou sobre a qualidade do algodão produzido no Cerrado baiano e as perspectivas para investimentos na área genética e logística.

Para Marçal, Luis Eduardo Magalhães é referência nacional em cotonicultura e para isso a Fundação BA está evoluindo constantemente, tanto na organização da cadeia produtiva, quanto na adoção de sistemas de produção eficientes e sustentáveis. Humberto Santa Cruz que também é presidente da União dos Municípios do Oeste da Bahia (Umob) relata que é essencial essa dinâmica de pesquisa e expansão técnica na agropecuária da região.

“Precisamos de uma Unidade da EMBRAPA em Luís Eduardo Magalhães, a Fundação Bahia é uma grande parceira nesta luta principalmente pelo que tem mostrado em campo especialmente com soluções e inovações a partir de melhoramentos genéticos” destacou o prefeito, lembrando que o presidente da Embrapa, Márcio Lopes, já foi comunicado sobre essa necessidade e sabe que a região Oeste é um dos principais polos agropecuários do Brasil.

Em ofício, a Embrapa respondeu que está estudando uma maneira de viabilizar a implantação desta unidade na região através de parcerias com organizações locais (Abapa, Aiba, Abrapa, Fundação BA) e pesquisadores da própria entidade. A entidade reforça que já há uma intensificação nas relações entre as partes e um fortalecimento das atividades da Embrapa no Cerrado baiano.

Durante o dia de Campo o prefeito também se encontrou com a presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA), Isabel da Cunha, o presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA), Julio Busato, o vice-presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (ABRAPA), João Carlos Jacobsen Rodrigues.

06 - Junho - panfleto_splash 2

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: