Pular para o conteúdo

Polícia Militar entre em greve depois de assembleia geral

15/04/2014

prisco

A assembleia geral da Associação dos Policiais Militares da Bahia determinou o início da greve da PM agora à noite.

O soldado Marco Prisco (PSDB), coordenador geral da Aspra, chegou à assembleia dos policiais militares com um colete à prova de balas, mesma roupagem que o acompanhou durante todo o movimento de 2012, e foi recepcionado com gritos de “ôôô a PM parou e a culpa é do governador” . Depois de mais de uma hora de discursos, a greve foi votada, com aprovação da maioria dos presentes.

Secretário de Segurança lamenta greve

Segundo o jornal Correio*, o secretário da Segurança Pública Maurício Barbosa deu entrevista coletiva na noite desta terça-feira (15), após o início da greve da Polícia Militar, afirmando que assinou um documento em que o governo se comprometeu a cumprir várias medidas que foram discutidas com o coordenador-geral Marco Prisco em reunião antes da assembleia da categoria.

“Um documento foi assinado por mim, pelo comandante-geral e por um dos líderes das associações. Ficou decidido que estas propostas seriam assumidas pelo governo. Durante a deliberação da categoria, recebi uma ligação desta liderança, informando que estava tudo acertado para a aprovação do que havia sido acordado. Ainda assim, foi decretada a greve”, afirmou Barbosa.

Em breve, o novo Hashi Culinária Oriental

Em breve, o novo Hashi Culinária Oriental

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: