Pular para o conteúdo

Produtores do Rio do Ouro reivindicam maior disponibilidade de energia

24/03/2014

franciosi

O empresário Antonio Franciosi, o prefeito Humberto Santa Cruz e os deputado Cacá Leão e João Leão estiveram hoje com o presidente da COELBA, Moisés Afonso Salles. Ele foram solicitar a ampliação da subestação de rebaixamento de energia do Rio do Ouro, que deve estar operacional em agosto deste ano, com capacidade de 2,5 megawatts.

A potência necessária para tocar um pivô é de  1,10 a 2,94 kW por hectare. Como a maioria dos pivôs da região tem porte entre 110 e 120 hectares, a energia necessária seria de no mínimo 121 kw, podendo alcançar até 352 Kw, conforme altura manométrica dos levantes de água ou profundidade de poços. De onde se conclui que 10 equipamentos de irrigação já estariam consumindo toda a energia disponível na nova subestação.

O vereador Jarbas Rocha, líder do Governo na Câmara Municipal de Luís Eduardo Magalhães, acompanhou a comitiva.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: