Pular para o conteúdo

Diretora Regional de Educação repete explicações sobre a falta de vagas.

25/02/2014

A diretora da 25ª DIREC – Diretoria Regional de Educação e Cultura, Isolda Maia, publicou na página do Facebook do órgão, o qual dirige, esclarecimentos sobre a situação das matrículas escolares em Luís Eduardo Magalhães. Veja a publicação:

img_isolda_maia_direc_25“A DIREC 25 diante da situação no período de matrícula no Município de Luís Eduardo Magalhães, que estamos buscando a melhor solução para atender todos os alunos (sic). Desde o ano passado vimos enfrentado (sic) falta de vagas pelo crescimento muito grande na região, recebemos cerca de 2000 novos alunos anualmente e nossas escolas estaduais estão sendo adaptadas para acomodar estes alunos, pois entendemos ser de nossa responsabilidade ofertar vagas a todos que procuram a rede Estadual.

Criamos uma escola nova Colégio Estadual Marlei Teresinha Pretto, alugamos um prédio com 8 salas de aula, mas a situação de falta de vagas continua, pois quem mora do lado esquerdo não quer e não pode se deslocar para estudar do outro lado da cidade, pois precisaram atravessar uma BR altamente perigosa, com índices muito altos de acidentes.

O Colégio Estadual Mimoso do Oeste não pode acomodar toda procura, pois não tem vagas para isso, desta forma junto com o Ministério Público estamos buscando mais um aluguel no Bairro Jardim das Acácias para criarmos mais uma unidade escolar até que se construa a nova escola, já em processo final dos trâmites para iniciar a obra.

Vamos adotar todas as medidas possíveis para que nossos alunos não fiquem desassistidos. Vagas temos ainda na rede, mas infelizmente não onde os alunos querem e precisam. Garantimos que esses alunos não ficarão sem estudar, por isso estamos trabalhando de forma responsável.

Estamos à disposição para qualquer esclarecimento e comunicaremos a todos os interessados assim que tivermos uma solução.”

A grafia da nota é sofrível, a pontuação é péssima, principalmente quando se trata de uma professora, mas o pior são as explicações, repetidas ano após ano nesta época, prometendo novas escolas e novas vagas. Culpar a travessia perigosa da BR 242, atualmente em obras, não deixa de ser de um escapismo revoltante. O Governo não deve e não pode eximir-se de sua responsabilidade sobre a educação. O Estado hoje incorpora o papel de principal patrocinador da enorme evasão escolar de jovens adolescentes, criando um fosso intransponível para mais de 2 mil alunos que deixam o ensino fundamental todos os anos. 

Com pauta de Luís Carlos Nunes, do Oeste Global

2 Comentários leave one →
  1. Lobo permalink
    25/02/2014 21:03

    Certamente uma nota sofrivel, uma justificativa sofrível e uma enrolação sofrível. A língua portuguesa sai machucada com a nota da professora que espero não ser justamente de Português. Desejo melhoras a coitadinha.

  2. ercilio permalink
    26/02/2014 9:59

    Que ridículo, como deve ser difícil defender essa raça chamada PT, lamentável ver uma podridão de governo tão grande que possa acabar com o sonho e a profissão de tantos alunos… até quando vamos aceitar esse tipo de explicação, e ainda, esses doentes e apaixonados petistas, afirmar que o melhor governo está aí e que precisamos reeleger essa turma de trambiqueiros…..
    está na hora da cidade toda se manifestar, parece que dormir na fila 05 dias para garantir vaga não comove ninguém…. tenho pena desses jovens…. o que será deles???????
    Que vergonha para nós Luis Eduardenses…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: