Pular para o conteúdo

Venezuela: sem saída com a radicalização da crise.

22/02/2014
Quando a polícia reprime, o "Governo Revolucionário" começa a se esboroar.

Quando a polícia reprime, o “Governo Revolucionário” começa a se esboroar.

É claro que existe um golpe em andamento na Venezuela, uma verdadeira guerra midiática. Também parece claro que os Estados Unidos incentivam esse golpe e que as forças armadas da Venezuela estão muito preparadas politicamente para reprimir esse golpe. O problema todo é definir a legitimidade do Governo chavista de Maduro, que tem parlamento e Justiça ao seu serviço, e avança sobre o setor privado com significativa gula.

A Venezuela tem reservas de petróleo avaliadas em 296,5 bilhões de barris, um patrimônio avaliado em 32 trilhões de dólares, a preços atuais. O que preocupa os EUA é a manutenção do fornecedor. Nem os Estados Unidos pode prescindir do petróleo venezuelano, pelo baixo custo de transporte, nem a Venezuela pode prescindir do cliente, pois ali está sua única fonte de divisas. A Venezuela importa tudo, de alimentos da cesta básica, inclusive carne do Brasil, a automóveis.

Chávez precisa melhorar a qualidade de suas aparições a Maduro ou a Venezuela vai cair numa crise institucional sem saída, dentro de uma guerra civil sem limites, com o apoio óbvio dos interessados de ambos os lados.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: