Pular para o conteúdo

Balança comercial de LEM tem pior resultado dos últimos três anos em 2013

20/01/2014

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) divulgou dados da balança comercial de Luís Eduardo Magalhães em dezembro de 2013. Exportações caíram 89,26% e importações 3,32% perfazendo o pior saldo comercial mensal do ano passado: US$ 91,6 mil. 

O segundo pior desempenho registrado em 2013 foi em fevereiro, com US$ 5,3 milhões, o que demonstra como dezembro passado foi desastroso para a economia eduardense. Já o melhor mês na balança comercial de LEM em 2013 foi abril, com saldo de US$ 149,7 milhões.
Comparando os anos (gráfico abaixo), saldo da balança comercial de LEM em 2013 foi o pior dos últimos três: US$ 765 milhões. Em 2012, havia sido de US$ 1,1 bi e, em 2011, de US$ 846 milhões. É como se a economia da cidade tivesse voltado no tempo e ido parar em 2010.

gráfico balança

Principais produtos de exportação – a soja corresponde por 86,51% de tudo que foi exportado por LEM em 2013, sendo seguido por algodão (9,99%) e milho (2,65%). Todavia, todos estes produtos tiveram queda de valor exportado quando comparado com 2012. Valor exportado de algodão caiu 68% entre 2013 e 2012. Com o milho, queda no mesmo período foi de 35,83%.
Mamões, sutiãs e calcinhas – Poucos produtos tiveram ampliação de valor entre 2013 e 2012, um deles foi o mamão papaia. Em 2012, valor exportado foi de US$ 2,7 milhões. Em 2013, teve acréscimo de 39,54%, chegando a mais de US$ 3,7 milhões. Outros produtos promissores em crescimento no valor foram sutiãs (222%) e calcinhas 340%. Os três formam a tríade de uma economia que teve fortes decepções com o setor primário e esboça uma tentativa, mesmo que muito branda e singela, de incursão no setor secundário produzindo roupas íntimas.
Principais produtos importados – Cloretos de potássio (30,44%) e diidrogeno ortofosfato de amônio (21,27%) foram os produtos mais importados em LEM em 2013. Contudo, se você está em busca de um bom produto para vender, aí vai uma dica incisiva: “partes e acessórios de máquinas e ferramentas para afiar, amolar, entre outros, metais”. Importação destes produtos para afiar e amolar subiu 480% entre 2012 e 2013. Deixar tudo bem afiado, pode ser uma tendência também em 2014. Será que andam afiando e amolando tesouras para fazer as tais calcinhas e sutiãs?
Principais parceiros comerciais – mais de 78% dos produtos exportados por LEM em 2013 foram direcionados para três países: China (35,93%), Alemanha (24,96%) e Países Baixos (17,38). Já grande parte dos produtos importados de LEM vêm de cinco países: Rússia (25,02%), Marrocos (11,96%), Israel (10,39%), Uruguai (9,35%) e Estados Unidos (9,20%).
Acesse aqui os dados completos divulgados pelo MDIC.

Fonte: Redação Brasília do Jornal O Expresso

Algodoeira 130823_Blog

shopingnovo

Confiança última

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: