Pular para o conteúdo

O teorema da sucessão estadual, ainda sem uma ilação

10/01/2014
Foto de Manu Dias.

Foto de Manu Dias.

Fonte das mais confiáveis nos assegurou ontem: o Governador Jaques Wagner já ofereceu um lugar na chapa às eleições majoritárias deste ano ao Partido Progressista (PP). Mas a oferta não foi bem recebida por conta do ungido de Wagner, Rui Costa.

A mesma fonte nos confiou: é difícil ACM Neto sair candidato, unindo as oposições, porque alguns dos seus correligionários desaconselham a assunção da vice, Célia Sacramento (PV), na gestão dos destinos de Salvador.

Por outro lado, Otto Alencar parece estar acomodado na cadeira da candidatura ao Senado, ainda mais agora que Dona Dilma elogiou publicamente a renuncia de Wagner à vaga. Dilma quer Wagner na coordenação de sua campanha no Nordeste e governador até o último dia de 2013. Isso significa que, num eventual segundo mandato de Dona Dilma, Wagner ocuparia cargo de destaque, num dos ministérios reservados ao partido da Casa, o PT.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: