Pular para o conteúdo

Prefeito reitera compromisso de construir hospital em Luís Eduardo

29/08/2013

Hospital 2Em discurso na abertura da V Conferência Municipal de Saúde, Humberto Santa Cruz  informou que o recurso para construção do Hospital Municipal pode vir da dívida ativa do município.

Hospital 1O recurso para construção do Hospital Municipal de Luís Eduardo Magalhães pode vir da securitização da dívida ativa do município. A informação foi dada pelo prefeito Humberto Santa Cruz na abertura da 5ª Conferência Municipal de Saúde, realizada na tarde desta quinta-feira, 29, no auditório do Hotel Solar Rio de Pedras. Esta é a segunda vez que o prefeito toca no assunto. A primeira foi durante a solenidade de inauguração da Unidade Básica de Saúde Egon Riffel, na comunidade do Novo Paraná, na noite do sábado, 17.

“Estamos trabalhando na securitização da dívida ativa do município para fazer com que este recurso seja todo ele utilizado na construção do hospital”, afirmou. Segundo o prefeito o município possui um crédito público, decorrente de dívida ativa, de aproximadamente R$ 32 milhões. “A construção de um hospital representa um investimento muito elevado, aquém as possibilidades do município. Esta seria uma alternativa de viabilizar a construção do hospital nos próximos três anos”, disse. A dívida ativa, ou crédito público, são todos os valores que, independente de natureza jurídica, o Poder Público tem para receber de terceiros.

A possibilidade de utilizar o valor da dívida ativa para construção do Hospital Municipal, de certa forma, minimiza a dificuldade para obtenção de recursos Federais e Estaduais para a obra. “Temos de ter em mente que a construção do hospital é apenas o começo. É necessário, desde já, planejar como será a gestão deste hospital. Precisamos sim, pensar na sua construção, mas sem deixar de planejar a forma como esta unidade hospitalar será gerida”, continuou Humberto.

Aos participantes da 5ª Conferência Municipal de Saúde, Humberto deu o recado: “Todos precisam participar, propondo soluções sobre como poderá ser viabilizado esse hospital. É preciso que fique claro que não é simplesmente construir a obra”.

Políticas preventivas – O prefeito fez ainda um apanhado geral da sua gestão, e daquilo que está por vir nos próximos anos de mandato. “Temos dar um foco especial na prevenção à saúde. Todos nós sabemos que precisamos de um hospital, mas quanto mais pudermos avançar em políticas preventivas, menos filas teremos nas nossas unidades de saúde”, reforçou.

Humberto lembrou também os avanços obtidos na Atenção Básica desde seu primeiro mandato em 2009. “O prefeito não constrói sozinho. Precisamos lembrar que em 2009, quando assumi tínhamos três postos de saúde, hoje estamos com nove, até o final do ano serão 12 e até o final do meu mandato quero deixar 21 Postos de Saúde da Família em funcionamento. Isso tudo só foi possível como trabalho conjunto no governo e a participação da comunidade”, completou.

A 5ª Conferência Municipal de Saúde teve como objetivo a elaboração do Plano Municipal de Saúde para o quadriênio 2014/2017. A conferência teve como eixos temáticos: Atenção Básica como ordenadora da rede; Média e Alta Complexidade: Rede Hospitalar, Rede de Atenção às Urgências e Emergências e Saúde Mental e Vigilância e Promoção da Saúde. Completaram a mesa diretiva, o vice-prefeito Marcos Alecrim, a Secretária de Saúde, Soraia Luedy da Trindade, o vereador e líder do governo da Câmara, Jarbas Rocha, a representante da 25ª Diretoria Regional de Saúde (DIRES), Stela Almeida Leite, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Antônia Cardoso Dourado e representando os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), Floreana Batista de Abreu.

Comissão – Em fevereiro deste ano, o prefeito havia se reunido com o secretário de Saúde da Bahia, Jorge Solla para debater a possibilidade da realização de uma Parceria Público Privada (PPP) para construção do hospital. No encontro foi criada uma comissão com membros do município e do estado, para estudar a viabilidade deste tipo de parceria a ser adotada. Além de estratégias para captação de recursos, a reunião também serviu para se discutir maneiras para construção e gestão do futuro hospital de Luís Eduardo Magalhães.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: