Pular para o conteúdo

FAB intercepta pequena aeronave durante o jogo Brasil x Japão

17/06/2013

FAB-operadores-600x202

Segundo o site Cavok, A Força Aérea Brasileira interceptou na tarde de sábado (15/06), durante o jogo Brasil x Japão – na abertura da Copa das Confederações, uma aeronave suspeita que entrou na área de exclusão aérea por volta das 16h30.

A abordagem aérea foi realizada por uma aeronave A-29 Super Tucano na região sul do Distrito Federal, distante 90 km de Brasília. A rota da aeronave de pequeno porte foi desviada e o destino modificado. Ao invés de Formosa (GO), localizada dentro da área branca, o avião pousou na cidade de Oriçanga de Abreu, divisa com a Bahia.

A ação foi acompanhada de perto na sala de controle no Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), ativada para operações reais. Militares da FAB, Marinha e Exército coordenam todas as aeronaves autorizadas para voar nas áreas restritas.

De acordo com o comandante do COMDABRA, Major-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, o caça foi engajado para realizar medidas de policiamento, como a identificação do tráfego e o motivo de estar voando numa área proibida. “O A-29 seguiu todo o procedimento previsto até a medida final que foi executar a mudança de rota e fazer a aeronave sair da área branca”, explica o oficial-general.

Em dias de jogos, de uma hora antes a quatro horas depois do início das partidas, são ativadas três áreas de segurança em torno dos estádios: uma branca, uma amarela e uma vermelha. Cada uma tem regras próprias. As restrições do espaço aéreo foram comunicadas por meio de NOTAM (aviso aos aeronavegantes) e do Guia prático de consulta sobre as alterações do espaço aéreo para a Copa das Confederações 2013, divulgado em abril.

“Este foi o caso de um piloto privado que não tomou conhecimento da área proibida para voo”, explica o comandante, que recomenda aos aeronavegantes a consulta das informações de tráfego aéreo, principalmente nas cidades-sede nos próximos 15 dias.

O piloto interceptado pode sofrer medidas administrativas. “Será proposto uma infração de tráfego aéreo por ter descumprido a norma estabelecida para o evento”, afirma o oficial-general.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: