Pular para o conteúdo

“Jornalistas escrevem muita besteira”, Deputado Marco Feliciano

28/03/2013

judeu

Por Tiago Lira*

 Na tarde dessa quarta, 27, em Brasília, na Câmara Federal, durante a primeira reunião da audiência pública da Comissão de Direitos Humanos (CDH), o deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), após um grupo de pessoas protestarem contra sua presidência, solicitou que a polícia legislativa efetuasse a prisão de um dos manifestantes. Ele afirmou ter sido chamado de racista.

Ao término da reunião pediu aos deputados que estavam na comissão para se dirigirem ao plenário da Câmara para realizarem pronunciamentos sobre a importância da audiência. Mas, poucos parlamentares estavam presentes ao final dos trabalhos.

Além da pressão de movimentos sociais, Feliciano também enfrenta oposição de outros parlamentares, inclusive, do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) que deseja vê-lo fora da presidência da CDH.

Mesmo assim, afirmou estar firme e ressaltou que não vai sair cargo. Ele também fez críticas ao trabalho da imprensa afirmando que os jornalistas escrevem “muita besteira”. “Vocês estão ultrapassando o meu limite de espaço. Estou aqui por um assunto sério e vocês estão de brincadeira”, afirmou.

Será que os jornalistas escrevem realmente muita besteira? Ou a verdade incomoda demais os políticos? A maioria dos jornalistas atua por amor a profissão, de forma ética e com respeito aos seus leitores. Mas é claro, que como em como todas as profissões, existem os maus profissionais, os sensacionalistas, que só pensam em tirar proveito, todavia, para esses o próprio mercado os descredibilizam.

Existe uma máxima que “contra fatos não há argumentos”, é o que comprovam as próprias afirmações do deputado, gravadas em vídeo e divulgadas, por ele mesmo, em redes sociais. O Brasil precisa mudar, só que, com pessoas sérias, que não se utilizem de seus cargos religiosos para autopromoção. Infelizmente, ética e honestidade não são qualidades que vemos na maioria dos políticos que elegemos. Aliás, você se lembra em quem votou para deputado?

ACUSAÇÕES DE RACISMO – Eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados neste mês, Feliciano tem sofrido protestos desde que assumiu o cargo. Manifestantes o acusam de racismo e homofobia devido a diversas declarações polêmicas. Em 2011, por exemplo, Feliciano publicou em seu Twitter que os descendentes de africanos seriam pessoas amaldiçoadas. “A maldição que Noé lança sobre seu neto, Canaã, respinga sobre o continente africano, daí a fome, pestes, doenças, guerras étnicas!”

tiago lira Tiago Lira é publicitário e articulista – www.maispropaganda.net.br

(*com informações Agência Brasil)

 

 

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: