Pular para o conteúdo

FAAHF entrega 116 profissionais ao mercado

03/03/2013

Faahf 2Vinte e oito de fevereiro de 2013. A data será eternizada como o “divisor de águas, entre o presente e o futuro” dos cento e dezesseis formandos da Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira (Faahf) de Luís Eduardo Magalhães.  A frase destacada pelo professor e paraninfo das turmas, Josias Garcia Ribeiro, “é o resultado de uma longa caminhada de grandes esforços e dedicação, e o início de uma vida profissional, onde cada um é produto de suas escolhas”.

Realizada no Quatro Estações Hall, a solenidade de colação de grau marcou a quarta formatura da IES (Instituição de Ensino Superior), desde a sua fundação em março de 2006. Neste ano, a Faahf entrega ao mercado de trabalho, oito profissionais de administração, vinte e cinco em ciências contábeis, oito em Letras, vinte e três pedagogos, dezesseis engenheiros agrônomos, vinte e nove bacharéis em Direito e sete engenheiros de produção.

Para a diretora geral da Faculdade, Maria Angélica Cardoso Ferreira de Sousa, a Faahf cumpriu todas as metas estabelecidas e sela definitivamente o compromisso acadêmico e social.

“Nosso grande desafio era fazer um projeto que visasse a construção de uma instituição de ensino superior com qualidade e humanismo, pautado na filosofia de vida dos fundadores do nosso município e patronos da Faahf e do CEMAC, senhor Arnaldo Horácio Ferreira (in memoriam) e Maria Cardoso Ferreira.”

faahf 3

Ainda segundo a direção geral, a missão da Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira, estabelecida desde o nascimento do projeto, possui um vínculo qualitativo e ético com a educação, oferecendo condições que favoreçam a transmissão, o desenvolvimento e aplicação de conhecimentos respondendo prontamente as exigências do meio em que se situa e como agente propulsor de mudanças.

“Para a Faahf, educação quer dizer promoção da pessoa em sua totalidade, e o processo de desenvolvimento do cidadão que deverá ser dinâmico, integral e ter como referência imprescindível o aspecto cognitivo, o afetivo e o moral da pessoa”, enfatizou a diretora.

Texto de Cátia Andréia Dörr.faahf 1

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: