Pular para o conteúdo

A guerra sem quartel do trânsito vitimou dois esquadrões de brasileiros

27/12/2012

Transito_Amigo_1Um pelotão de cavalaria é composto por 36 homens, divididos em 3 grupos de combate e um de serviços. Quatro pelotões formam um esquadrão, portanto 144 homens. Um regimento de cavalaria é composto por quatro esquadrões, então 576 homens. Somente nas estradas federais perdemos 220 pessoas acidentadas, mais os que virão a morrer no hospital e os feridos, alguns que ficarão deficientes para toda a vida, somam mais de 1.000 pessoas. Portanto perdemos dois regimentos somente num feriado. Se somarmos com os mortos e feridos nas estradas estaduais, certamente o número dobrará. Essa é a guerra do trânsito, silenciosa, com vítimas espalhadas por todo o País. O Brasil não pode continuar perdendo esta guerra, de maneira tão perdulária.

Some-se agora com as baixas do final do ano, certamente maiores ainda, e teremos perdido uma divisão de brasileiros em tempo de paz. No ano todo, uma brigada, um exército, ou talvez um corpo de exércitos.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: