Pular para o conteúdo

“Barreiras quer mais do mesmo”

07/09/2012

Por Paula Vielmo

Ano eleitoral é sempre a mesma conversa de mudança, de reclamações e de análises políticas geralmente equivocadas, de um povo que passa três anos e meio alheio aos acontecimentos políticos e busca envolvimento apenas durante a campanha eleitoral. Em 2012 não é diferente!

Diversas pessoas se inquietam com a “falta de opção” para depositar seu voto no dia 07 de outubro , especialmente para o Executivo Municipal. Muitas outras dialogam nas escolas, bares, universidades, casas e ruas, sobre a situação caótica em que Barreiras se encontra. Existe uma indignação pulsante no povo de Barreiras em relação ao abandono do município e da falta de investimento e funcionamento das áreas sociais: saúde, educação, moradia, cultura, infraestrutura (com destaque para os buracos nas ruas), lazer. É perceptível que a situação do município piorou muito nos últimos anos, desde que a “primeira prefeita” assumiu os rumos da administração municipal.

Em 2012, temos CINCO candidaturas postas, mas apenas três são consideradas com possibilidades de vitória, todas elas de representantes políticos que já assumiram mandatos, que já tiveram chance de demonstrar compromisso ou a falta dele com as demandas do povo. O trio Jusmari (PSD), Antonio Henrique (PP) e Zito (PMDB), conforme expressão das ruas, “já foram testados”.

Além disso, observemos que o trio acima, quando em disputa eleitoral anterior, não estavam nos partidos atuais. Eles e ela, saltam de “partido” (abrigo ideológico) em busca de uma “legenda” que permita melhor executarem seu desejo sórdido de poder.

Em termos de “novidade”, poderíamos citar Renatos Santos (PSOL) e Zé Roberto (PSDB). Todavia, novidade é jamais ter sido prefeito? Novidade para mim é quem apresenta uma proposta pautada em bases distintas das colocadas pelos demais, e a única candidatura que faz isso é a candidatura do Partido Socialismo e Liberdade.

No entanto, somente as três candidaturas “hegemônicas” são vistas como possibilidade, mas nada são do que “mais do mesmo”. Qualquer um deles ou dela que for eleito ou eleita, não fará diferença nos rumos de Barreiras, pois as concepções políticas são absurdamente iguais, variando apenas, algumas vezes, no método de ação.

Considero essa eleição como a pior dos últimos anos, pois fortunas são gastas para vender uma imagem que não é real, enquanto as propostas e a história de quem está na disputa é desconsiderada. Ninguém está nesse processo por acaso, e o eleitorado precisa perceber isso. A ausência de financiamento público de campanha, oportunizando igualdade de condições é uma demanda urgente! Perceber quem são os financiadores de campanha e que haverá “devolução” no futuro, também é fundamental.

No dia 07 de outubro de 2012, veremos um município quase que inteiro, sem consciência critica, sem perspectiva, elegendo “mais do mesmo”, seja a atual, o vizinho ou o antigo. Porém, tenho certeza de que eu não vou colaborar com isso, e você?

4 Comentários leave one →
  1. Carlito Macedo permalink
    07/09/2012 18:31

    UMA PERGUNTA: O QUE ESSA MULHER JÁ FEZ EM PROL DA SOCIEDADE BARREIRENSE? CHEGA DESSA MASTURBAÇÃO MENTAL MULHER, ESSE DISCURSO DE SOCIALISTA FRACASSADA NÃO VAI TE LEVAR A NENHUM LUGAR. UM CONSELHO: SE ALIE A UM DESSES CANDIDATOS QUE VC TANTO RENEGA E COLABORE COM O SEU POVO. IDIOTINHA.

  2. Karl Emil Maximilian Weber permalink
    08/09/2012 0:36

    O PSOL é puro e simplesmente o PT dos tempos de oposição: discurso beligerante, autoritário e às vezes fascista. Ao PSOL cabe, assim como o PT fez, tão somente dizer que nada nem ninguém servem ao não serem os próprios dirigentes e militantes da própria sigla. Essa história nós já a conhecemos!

  3. eliceu felipe permalink
    08/09/2012 8:39

    Como a Paula admite que seu candidato não tem chance, sugiro que na próxima ele seja candidato a vereador, pois as câmaras municipais precisam de gente que se oponha ao executivo, políticos que tenham valor, não preço! Tenho visto em Barreiras e região, que entre a eleição e a posse, os prefeitos com minoria na câmara, tem “adquirido” os passes de vereadores que faltam para ter a maioria.É uma ofensa ao eleitor.Vereador é para fiscalizar o executivo….

  4. Ronaldo Costa Vieira permalink
    08/09/2012 9:45

    Parabens senhora Paula. Enfim uma manifestaçao inteligente, real e coerente. Pena que nao seja possível mudar a mentalidade da massa que ao longo do tempo se viu manobrada por um corja que se revesam no poder há decadas. A falta de memória do povo é agravada pela prática do clientelismo praticado há decadas na nossa cidade. A cultura do “toma lá dá cá’ é um realidade dolorosa. A “devoluçao”, infelizmente presente em todas as eleiçoes, nao é privilegio de maus empresaários, mas tambem de milhares de eleitores que ainda acreditam que a obrigaçao dos politicos é atender interesses particulares.
    Pobre querida Barreiras! Quando sairás dessa mesmice?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: