Pular para o conteúdo

Barreiras: candidatos debatem na Câmara com o CREA-BA

30/08/2012

O Crea-BA realiza no dia 30 de agosto, em Barreiras, o Programa Diálogo com Candidatos. A iniciativa apresenta as propostas do Conselho à gestão pública municipal para a solução de problemas referentes a transporte, habitação, saneamento básico e resíduos sólidos; valorização do corpo técnico municipal; Engenharia pública e regularização fundiária; Licitações e contratações de obras e serviços de engenharia, entre outros, aos postulantes às prefeituras da capital e principais cidades do interior do estado. A ação em Barreiras será realizada às 19 horas, na Câmara de Vereadores.

Confirmaram presença os candidatos Antonio Henrique (PP), João Barbosa de Souza Sobrinho (PMDB), José Roberto Araújo Batista (PSDB), Jusmary Teresinha de Souza Oliveira (PSD) e Renato João dos Santos (PSOL).

 O assessor parlamentar do Regional, Genivaldo Barbosa, esclarece que o evento não se trata de debate, pois, cada candidato apresentará individualmente, em 40 minutos, suas propostas sendo questionados sobre os pontos considerados críticos para os profissionais da área tecnológica e sociedade. “Nossa intenção é que estes temas, tão relevantes, sejam amplamente discutidos. Queremos que as propostas do Conselho sejam incorporadas aos planos de trabalho de cada candidato. É a contribuição que podemos e desejamos dar para melhorar a vida das pessoas”, declara.

Segundo Barbosa, a ação também contribuirá com a profissionalização da atuação dos governos municipais com o preenchimento de cargos técnicos com profissionais de reconhecida competência, registrados nos respectivos conselhos.

Além de Barreiras outras seis cidades, incluindo Salvador, também estão inseridas no projeto.

 Políticas públicas – Entre os compromissos gerais propostos pelo Crea-BA para a gestão municipal estão a regularização profissional e das empresas para habilitação em concursos públicos e licitações, respectivamente; o cumprimento do salário mínimo profissional em conformidade com a Lei Federal 4.950A/66; além da valorização e qualificação do corpo técnico. Como políticas públicas o Conselho sugere, entre outras ações, a criação do Fórum de Desenvolvimento Sustentável e do Conselho Municipal do Meio Ambiente; a elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU); a implantação da Educação Ambiental, do sistema de Tratamento de Coleta e Destino Final de Resíduos Sólidos e do sistema de Esgotamento Sanitário.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: