Pular para o conteúdo

Cultivo de algodão na Bahia é relatado em evento da Fundação MT

10/08/2012

Está sendo realizado desde ontem (9) na Pousada Penhasco em Chapada dos Guimarães/MT o Fundação MT em Campo: É Hora do Algodão. Mais de 150 pessoas entre pesquisadores, agrônomos, consultores e técnicos participam do evento que tem como tema “Produzindo com eficiência”.

Especialistas de importantes instituições que estudam a cotonicultura fazem parte da equipe técnica do evento. Eles apresentam informações globais e também pontuais sobre fatores que determinam a produção do algodão no Brasil. Os conhecimentos gerados no evento servem para que os profissionais que atuam nas principais regiões produtoras de algodão do Brasil tomem decisões a partir dos dados e das recomendações feitas pelos palestrantes.

 

Ontem, os participantes do evento receberam informações do pesquisador Ciro Rosolem, da UNESP de Botucatu, sobre os riscos e desafios do algodão segunda safra. Ouviram as experiências do consultor Milton Akio Ide sobre correção de perfil de solo na Bahia. Fisiologia foi o tema da palestra do pesquisador australiano Stephen Yeates, do CSIRO. Esta palestra foi traduzida e conduzida pelo pesquisador da Fundação MT Eduardo Kawakami. As tendências para o mercado de algodão no ciclo 2012/2013 foi mostrado por Élcio Bento, da Safras e Mercado. Após as apresentações, ocorreu debate sobre as informações mostradas.

Hoje (10), no Fundação MT em Campo: É Hora do Algodão será debatido sobre manejo de pragas comuns dos cultivos de soja, algodão e milho a ser feito pelo pesquisador Walter Jorge, do IAPAR e pela pesquisadora Lúcia Vivan, da Fundação MT.  Resultados de pesquisa sobre adubação e manejo do solo serão apresentados pelo pesquisador Leandro Zancanaro, da Fundação MT. Novos resultados de pesquisa sobre o controle da mancha de ramulária no algodoeiro será o tema da palestra do pesquisador da Fundação MT, Fabiano Siqueri. O posicionamento das cultivares de algodão da Fundação MT será exposto pelo agrônomo Adalberto Basso, da TMG. Novidades do Programa de Melhoramento Genético de Algodão da Fundação MT serão divulgadas pelo pesquisador Paulo Hugo Aguiar.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: