Pular para o conteúdo

CONAB e produtores movem 50 mil toneladas de milho contra flagelo da seca.

29/05/2012

Eduardo Salles: articulando alimentação para animais e para o povo nas regiões de seca intensa.

O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues dos Santos, confirmou, durante reunião com o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, e com a superintendente da Conab na Bahia, Rose Pondé, que 200 mil toneladas de milho do estoque da Companhia no Mato Grosso serão removidas para o Nordeste.

Destas, 50 mil serão para a Bahia, destinadas à alimentação animal. A previsão é de que nos próximos 20 dias cheguem ao Estado as primeiras 8.400 toneladas do total de 50 mil, para venda balcão ao preço de R$ 18,10 para o pequeno produtor, limitado a três toneladas/mês/produtor.

Nesta terça-feira (29) produtores do Oeste do Estado, em encontro com o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles durante a abertura da 9ª edição da Bahia Farm Show, em Luis Eduardo Magalhães, assumiram o compromisso de vender à Conab, através da Política de Preço Mínimo, 20 mil toneladas de milho, a R$ 20,10 a saca.

O valor é menor que o pago pelo mercado, mas os agricultores resolveram abdicar do lucro, em solidariedade aos produtores dos municípios castigados pela seca, que precisam do grão para alimentação animal.

Rubens Rodrigues sinalizou um volume maior para os médios produtores, e informou que o Ministério da Agricultura (Mapa) propôs uma portaria interministerial, solicitando a possibilidade da venda balcão a R$ 22,10, limitada a 27 toneladas/mês/produtor.

Rose Pondé e Rubens Rodrigues informaram que o milho que será removido para a Bahia irá para os armazéns emergências em Vitória da Conquista, (500 ton), Juazeiro (700 ton), Guanambi, (1.200 ton) e Feira de Santana (500 ton), além dos armazéns da Conab em Irecê, (3.000 ton), Ribeira do Pombal, (1.000 ton), Entre Rios, (500 ton), Santana Maria da Vitória, (500 ton), e Itaberaba, (500 ton). “As quantidades de milho estão relacionadas com a capacidade estática de cada armazém”, disse o presidente da Conab, explicando que serão renovadas à medida que forem retiradas pelos produtores.

O secretário Eduardo Salles explicou que os armazéns emergenciais em Conquista, Juazeiro, Guanambi e Feira de Santana foram alinhados anteriormente em reunião com a superintendente Rose Pondé, e conseguidos gratuitamente. O funcionamento está garantido pela Conab, que vai colocar funcionários em cada uma dessas unidades. O objetivo é descentralizar a distribuição do milho por diversas regiões, fazendo com que o grão chegue mais rapidamente ao produtor. Salles solicitou ainda ao presidente da Conab mais um armazém emergencial, no município de Conceição do Coité, região produtora de sisal e que também desenvolve a ovinocaprinocultura.

O secretário voltou a solicitar a construção de um armazém no município de Luiz Eduardo Magalhães, com capacidade para 50 mil toneladas, em terreno já  disponibilizado pelo prefeito Humberto Santa Cruz, por entender a importância estratégica não só para a Bahia, mas para o Mapito-Ba (Maranhão, Piaui, Tocantins e Bahia), servindo a todos os estados produtores de grãos. A superintendente Rose Pondé confirmou que a prefeitura se comprometeu a doar o terreno, e o presidente da Conab informou que dará prioridade a este pleito, que é do governo do Estado.

Salles informou também que vai conversar com o senador Walter Pinheiro, incumbido de inserir um artigo na MP 565 (MP da Seca) que está relatando, autorizando a distribuição gratuita de milho aos pequenos produtores.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: