Pular para o conteúdo

Crime do esquartejamento ainda sem suspeitos.

29/04/2012

O delegado Joaquim Rodrigues, disse ao Mural do Oeste, que cinco pessoas já foram ouvidas sobre o assassinato do soldado PM Renato da Silva de Oliveira, ocorrido na terça-feira, 24 de abril, em Barreiras.

Segundo o Delegado, as investigações estão apenas no início, mas o serviço de inteligência da Polícia Civil de Barreiras vem trabalhando com empenho para elucidar o crime.

O Delegado não apontou suspeitos e nem falou sobre indícios do que teria provocado o crime. “Vamos deixar as investigações avançarem mais” explicou. Renato foi vítima de um dos mais bárbaros crimes ocorridos em Barreiras. Ele foi decapitado, teve a cabeça jogada em um canal de esgoto, o tronco lançado no rio Grande, assim como as pernas e os braços. O crime chocou a população de Barreiras e do Oeste Baiano.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: