Pular para o conteúdo

Wagner diz que quer mais dinheiro federal para enfrentar a seca.

23/04/2012

A longa estiagem em quase todo o interior baiano volta a ser destacada pelo governador, em seu programa de rádio veiculado às terças-feiras. Agora são 214 municípios em estado de calamidade.

 Ele fala das medidas emergenciais e das obras estruturantes empreendidas para combater o flagelo da seca e amenizar o sofrimento da população, causado pela perda de gado, de plantações, além da dificuldade de abastecimento em cidades de pequeno e médio porte. O Governador cita também ações em andamento, como a prorrogação da dívida de agricultores, reforço no abastecimento com carros-pipa, distribuição de cestas básicas para a população e alimento para animais.

Wagner destaca a participação do governo federal no apoio à população atingida e, entre as obras estruturantes, destaca a construção de quatro adutoras (do Feijão, do Algodão, Pedras Altas e Ponto Novo) e do projeto aquífero de Tucano, no nordeste do Estado, para o aproveitamento de água subterrânea.

“Além disso, estou levando várias propostas ao governo federal, tentando captar mais dinheiro para fazermos novas obras emergenciais e também estruturantes”.

Ele reafirma sua preocupação com os efeitos da estiagem e informa que equipes do governo estão atuando nas 24 horas do dia para vencer os desafios, ultrapassar as dificuldades e melhorar a situação vivida pela população de muitos municípios baianos.

Mais polícia

Nesta segunda (23), Wagner participou, em Salvador, da solenidade comemorativa dos 187 anos de criação da Polícia Militar do Estado da Bahia (PMBA), com homenagens ao patrono da instituição, José Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes. “Estamos melhorando os nossos equipamentos, a nossa inteligência, para oferecer mais segurança à população”.

O governador fala da formatura, nesta quarta-feira (25), de cerca de 1900 soldados e diz que até o final do seu governo, em 2014, contratará mais policiais militares, além de policiais civis, a fim de melhorar todo o corpo da segurança pública do Estado, e em especial da PM.

One Comment leave one →
  1. André permalink
    24/04/2012 10:20

    “Além disso, estou levando várias propostas ao governo federal, tentando captar mais dinheiro para fazermos novas obras emergenciais e também estruturantes”.

    O partido do nobre governador esta há 10 anos no poder e ele há seis anos a frente do governo do estado, já não tempo suficiente para pleitear esses recursos?
    É um incompetente juramentado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: