Pular para o conteúdo

Um ganhador da loteria dos Estados Unidos seria apenas um médio produtor no Oeste baiano

31/03/2012

Se um dos três ganhadores do maior premio de loteria dos Estados Unidos resolvesse vir para o Oeste baiano, plantar soja, compraria umas 30 mil hectares, e usaria todo o resto do dinheiro em preparo e correção do solo, maquinaria, galpões, alojamentos, irrigação, energia e abertura e conservação de estradas internas.

Quer dizer: o sujeito ia ser um grande plantador, mas não tão grande que suplantasse uns 30 ou 40 dos maiores agricultores da região. Isso se o Governo americano não ficasse com 50% do seu prêmio, como faz, porque daí ele não passaria de mais um dos agricultores aspirantes ao galardão de estar entre os 50 agricultores da região.

A comparação é só para que o leitor entenda o volume de capital que está investido no Oeste baiano, que pretendia, antes da seca, colher alguma coisa em torno de 7 milhões de toneladas de grãos e fibras.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: