Pular para o conteúdo

Posseiros refazem cercas nos chapadões de Correntina.

31/03/2012

Hoje mais de 200 posseiros retornaram ao local do conflito, onde prenderam, neste dia 29, os supostos pistoleiros dos grileiros de terras em Correntina.

A informação dos posseiros é que os seguranças abandonaram as propriedades das empresas CFM E MOBIM, deixando para trás tambores de óleo diesel, armas jogadas no rio e em  lagoas, levando somente as máquinas pesadas que serviam para derrubadas das cercas dos “fechos” de gerais dos pequenos produtores. Somente hoje mais de 200 homens refizeram todas as cercas derrubadas pelos supostos pistoleiros. A informação é de Denilson Neves da Silva, que relata as cenas fortes da chegada de posseiros a Correntina, com 13 pistoleiros “pegos à unha” e amarrados, sob a ameaça de facões e foices.

O ineditismo da notícia está na revolta de posseiros, que geralmente são subjugados por pistoleiros fortemente armados, acabando por perder suas terras às margens de veredas e brejos.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: