Pular para o conteúdo

Jornalistas se solidarizam diante dos fatos graves acontecidos ontem.

27/01/2012

Reproduzimos artigo de Roberto Sena, editor do blog Mural do Oeste, em que lamenta a tentativa de agressão sofrida ontem por este jornalista. Agora há pouco, fomos entrevistados na Rádio Vale, onde o vereador Sidnei Giachini negou-se a gravar entrevista, afirmando apenas que ele foi o agredido, o que já tinha afirmado ontem para o blog de Sigi Vilares.

O absurdo reside não no fato do Vereador mentir descaradamente, mas de que querer caracterizar que foi agredido por um senhor às vésperas de completar 64 anos, enquanto ele, um jovem que deve beirar os 110 quilos, seria a vítima.

Acredito que, frente ao necessário decoro parlamentar e noções básicas de educação e urbanidade, vereadores não devem sair à rua propondo pugilato aos jornalistas. 

MURAL DO OESTE PRESTA SOLIDARIEDADE

AO EDITOR DE O EXPRESSO

E PEDE PROVIDÊNCIAS À JUSTIÇA

NO SENTIDO DE GARANTIR A LIBERDADE DE EXPRESSÃO

“Há tempos que este editor vem batendo na mesma tecla: precisamos, urgentemente fundar uma Associação dos Blogueiros do Oeste Baiano. O episódio de hoje em que um vereador de Luis Eduardo Magalhães tentou agredir nosso colega e amigo Carlos Alberto Sampaio, mostra que precisamos nos unir para sermos fortes e termos representatividade junto as instâncias judiciais.

O Mural do Oeste expressa seu veemente repúdio a atitude do vereador, que deveria dar exemplo de civilidade e cordialidade e não partir para a agressão física contra o honrado jornalista Carlos Alberto Sampaio. Esperamos (ainda é tempo) que o vereador reflita sobre a atitude inconcebível que tomou, pense no cargo que ocupa e entenda que quem exerce a função de homem público deve receber com serenidade os elogios e as críticas e com base nesta reflexão, tome a iniciativa de se retratar pela tentativa de agressão.

Seria uma demonstração de grandeza da parte dele.

Se não o fizer temos certeza que a Câmara Municipal se posicionará tomando uma atitude enérgica e exemplar para que tal fato não mais se repita. Cabe agora também a Justiça agir com celeridade dando todas as garantias ao jornalista Carlos Alberto Sampaio para o livre exercício de sua profissão.

Afinal no estado democrático de direito que estamos vivendo não há mais lugar para tentar calar a imprensa na base da intimidação física ou de qualquer outra forma. O fato deve ser informado imediatamente a Associação Brasileira de Imprensa, ao Sindicado dos Jornalistas da Bahia e ao Ministério Público para que todas as providências sejam tomadas e a liberdade de expressão seja garantida como preconiza a Constituição.

Parabenizo o deputado Oziel Oliveira que teve a iniciativa de ligar e se solidarizar com Carlos Alberto Sampaio, espero – e tenho certeza – que o prefeito Humberto Santa Cruz – homem de fino trato, também expresse publicamente o seu repúdio a atitude do vereador.

A Carlos Alberto Sampaio, a solidariedade do Mural do Oeste

Roberto de Sena
Editor do Mural do Oeste

3 Comentários leave one →
  1. Ana Luiza permalink
    27/01/2012 15:38

    Se protestassem pela corrupção política, pelo desvio de dinheiro público, pelo trânsito caótico – incluindo a travessia da rodovia – pelo elevado preço da gasolina, pela falta de médicos nos postos de saúde, pelo péssimo estado de conservação das salas de aulas, pela falta de segurança na cidade, entre outros fatos que não merecem menção, tal como estão protestando contra a “agressão” sofrida por um cidadão do meio político, tenho absoluta certeza que teríamos uma cidade mais humana e consequentemente um país mais digno!!!!!!

  2. GETÚLIO CARDOSO REIS permalink
    28/01/2012 6:58

    Não se pode calar a imprensa! É por todos sabidos que a nossa liberdade, a nossa democracia, o estado democrático de direito que vivemos e praticamos, tem fincas na força que a imprensa exerce. Noutras palavras, podemos afirmar que A IMPRENSA É O PULMÃO DO MUNDO!!!

    Discordamos e repudiamos a agressão sofrida pelo culto e imparcial jornalista CARLOS ALBERTO SAMPAIO, mesmo sabendo que na outra banda figura como seu possível agressor um vereador do PP, partido ao qual somos filiado. Se houve excesso por parte do profissional da comunicação, que não cremos, existe o JUDICIÁRIO onde o Edil deveria bater à porta para reclamar os seus direitos, jamais procurar fazer justiça com as próprias mãos em pleno século XXI, na era da robótica. A violência tem e deve ser combatida em todas as sua matizes.

  3. 29/02/2012 11:50

    POLÍTICA E POLITICAGEM NO NOSSO COTIDIANO

    Eu comparo a POLÍTICA com a nefasta POLITICAGEM da forma seguinte: seria como uma imagem no espelho, porem com o reflexo distorcido de si mesmo.

    Os correntinenses que querem e pensam o bem saberiam distinguir uma da outra no nosso cotidiano? O que seria politicagem? Troca de cargos, troca de favores políticos, acordos milionários como as famosas licitações, no geral politicagem é um ato ilícito que beneficia uma minoria, prejudicando a maioria, o povo, eu, você, ele, ela e assim vai.

    Por outro lado a política é representar a sociedade, lutar pelos interesses da coletividade, coisa que não acontece muito por aqui.

    Para muitos POLITICA e POLITICAGEM é a mesma coisa, o problema é que estamos acostumados a ver acordos gatunos, desvio de verba pública, corrupção no geral que no fim nos dificulta diferenciar uma da outra.

    A politicagem vende, aluga mais do que cargos ou partidos, ela vende sonhos e esperanças depositados nas urnas, é um ciclo constante, um mau que deve ser exorcizado o mais rápido possível.

    Que nas próximas eleições saibamos separar o joio do trigo. É o que eu penso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: