Pular para o conteúdo

Promotoria denuncia 35 pessoas da Operação Terra do Nunca

20/01/2012

Reprodução de imagem da TV Oeste.

A Operação Terra do Nunca, realizada em dezembro, em conjunto com a Polícia Judiciária da Bahia, Ministério Público da Bahia e Ministério Pública de Minas Gerais, prendeu menos de 20 pessoas. No entanto, à época, sabia-se que passavam de 30 os implicados.

Agora vem a notícia:  o empresário Marcos Valério e mais 34 pessoas foram denunciados à Justiça, nesta quinta-feira (19), pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). Ele, seus sócios, empresários de Minas Gerais, da Bahia e de São Paulo, além de agropecuaristas, agricultores, lavradores, advogados e oficiais de cartório são acusados de crimes de formação de quadrilha, falsidade ideológica e uso de documentos falsos usados em esquemas para, de forma ilegal, tornarem-se proprietários de imóveis, na maioria fazendas localizados no município de São Desidério.

Segundo os promotores de Justiça, diversas quadrilhas, que nem sempre tinham ligação, atuavam no esquema de criação de matrículas falsas de imóveis que, às vezes, nem existiam. Essas quadrilhas foram desarticuladas no início do último mês de dezembro durante a ‘Operação Terra do Nunca’, mas, até serem desmontadas, promoveram diversas falsificações de documentos nos cartórios de Barreiras e São Desidério. Com informações do Bahia Notícias.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: