Pular para o conteúdo

Forças policiais e Guarda Municipal dão sequência à “Operação Choque de Ordem”.

21/02/2011

O secretário Eder Fior e os delegados Resende e Rivaldo revisam últimos detalhes da operação, no início da noite.

Eder Fior transmite à Guarda Municipal o plano de ação

Polícia Judiciária, Guarda Municipal, Fiscalização da Prefeitura Municipal participaram na noite de domingo de uma nova operação “Choque de Ordem”. Sob a coordenação dos delegados José Resende de Morais Neto e Rivaldo Luz, como também do secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, Eder Fior, foram apreendidos veículos com características alteradas, som em alto volume, menores que estavam em bares e cidadãos que não portavam documentos. O segundo dia da Operação surpreendeu a todos, que acreditavam que o evento de sexta-feira não seria reeditado tão cedo. Mesmo abaixo de chuva, os policiais agiram nos bairros Santa Cruz, no centro da cidade e na BR-242, onde condutores de caminhões foram convidados a estacionar em lugar apropriado.

O secretário Eder Fior declarou que as operações de blitz se repetirão semanalmente, até retirar da rua desocupados, carros irregulares e menores ingerindo substâncias alcoólicas em bares e lanchonetes.

Agora, 01h09m desta segunda-feira, estão sendo identificados vários elementos na Delegacia de Polícia, numa ação que deve ocupar o resto da madrugada. Fotos de Sauro Thiele, que acompanhou a operação desde as primeiras horas até o final.

Detidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia.


Veículos com características alteradas foram apreendidos.


3 Comentários leave one →
  1. Maria da Silva permalink
    21/02/2011 8:37

    Parabéns! Espero que essas atitudes continuem em Luís Eduardo, precisamos realmente de segurança,aguardo a organização do trânsito.

  2. Paulo Peluso permalink
    21/02/2011 10:32

    Da a Cesar o que é de Cesar: devemos parabenizar os policias e também ao Secretário de Transito e Segurança . Agora só falta eles começarem a multar estas empresas que montam som e ficam o dia inteiro com som ligado testando som, como exemplo na rua Ibitiba, e na Rua Pará, onde existe moradores que chegam a se mudar da vizinhança por não ter sossego nem nos domingos.

  3. david junior permalink
    22/02/2011 8:06

    Esperamos que essa operação não seja barrada pelos poderosos da cidade que tiveram seus filhinhos mimados e adolescentes envolvidos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: