Pular para o conteúdo

O bicho pegou

11/10/2010

Ontem foi o dia do caldo entornar, a gota d’água que faltava para a represa transbordar. O debate da Band, que era esperado por toda a imprensa como ligth, teve momentos de confronto e os candidatos trocaram acusações explícitas, citando, cada um, supostas inverdades apregoadas pelo seu adversário. Segundo Fernando Mitre, diretor de jornalismo da Band, os dois candidatos tiveram ao todo 40 confrontos diretos, coisa que nem de perto aconteceu no primeiro turno.

Foto de Ernesto Rodrigues, da Agência Estado

Serra, com mais tempo de janela e mais articulado, soube amortecer os golpes de Dilma e esgrimar com maestria naquilo que poderíamos chamar de “peça acusatória”. Disse o candidato do PSDB:

“A minha oponente está levantando acusações sobre a privatização das estatais. O Governo tem, no entanto, que parar de levantar factóides, de vender ilusões. E foi taxativo: vou reestatizar a Petrobrás, o Banco do Brasil, a Caixa e os Correios, que foram entregues a partidos e grupos políticos”.

Outra acusação grave de Serra é a que se refere ao fato do atual Governo anunciar a construção de um milhão de casas dentro do programa “Minha Casa, Minha Vida” e ter entregado apenas 150 mil. Também acusou o Governo de abandonar a infraestrutura, principalmente de portos e aeroportos. Dilma rebateu fracamente, afirmando que o Governo de Fernando Henrique Cardoso parou de investir, o que causou os problemas atuais.

Foto de Moacyr Lopes Júnior, da Folhapress

No quarto bloco de debate da Band, o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, afirmou que a adversária petista, Dilma Rousseff, não cita os ex-presidentes Fernando Collor (PTB) e José Sarney (PMDB) como seus aliados de campanha. Já Dilma disse que o tucano não deu continuidade a programas de Geraldo Alckmin (PSDB) ao assumir o governo de São Paulo.
“Ela tem dois ex-presidentes com ela, que ela não fala, o Collor e o Sarney, e eu, Itamar [Franco] e o Fernando Henrique [Cardoso]”, declarou Serra.
Serra soube aproveitar melhor o imenso telhado de vidro do Governo Lula. Até porque para Dilma jogar pedras no Governo FHC, depois de 8 anos da gestão de Lula, fica singularmente mais difícil. Se Dilma tinha de fato um viés de baixa nas cotações das pesquisas e Serra uma tendência de crescimento, o debate de ontem pode desaguar num empate técnico. Apesar da tradicional pouca audiência característica desse tipo de programa. O povão prefere mesmo é as bobagens do Sílvio Santos e os gols do Fantástico.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: