Pular para o conteúdo

Não verás país nenhum como este?

26/08/2010

Ontem, um analista experimentado, perguntava: “Quantos anos tem o caro jornalista? Mais de 60 respondi. Ao que arrematou: “Então com certeza não verás o PT fora do poder”. O bom humor do amigo não deixa de ter uma pitada de humor negro. Por outro lado, já somos experimentados em ver mudanças radicais. Por exemplo, Getúlio Vargas voltar ao poder, nos braços do povo, em 50, depois de 5 anos de ostracismo e sair, menos de quatro anos depois, morto do Catete; ou ainda, Jânio Quadros, eleito com a maior votação proporcional até hoje, renunciar 7 meses depois; ou então, torcer por Tancredo Neves e ganhar 6 anos de José Sarney. Vimos, da nossa janela no Anexo IV da Câmara, a instalação da CPI do Orçamento, em 93, e a movimentação da Polícia Federal levando e trazendo detidos para depor. Vimos ainda o Congresso fechado no final de 67, os comícios-relâmpago no centro de Porto Alegre, o fenômeno midiático Collor de Mello e Fernando Henrique Cardoso organizar a economia do País. Já vimos muita coisa e soubemos que a política e o poder, como as nuvens, sofrem mutações a cada minuto.

A foto, onde o general Costa e Silva medita no plenário da Câmara, fechado pelo Ato Institucional nº 5, foi uma das mais famosas capas da revista Veja. Foi tirada por fotógrafo da Folha (não conseguimos identificar o autor), e transportada dentro da camisa de um repórter para São Paulo. A capa da revista não tinha chamada. Precisava?

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: