Pular para o conteúdo

No Mato Grosso, 5 milhões de toneladas de milho estão a céu aberto.

29/06/2010

A falta de armazém volta a ser um problema para o produtor de milho de Mato Grosso. Para a safra 2009/2010 ainda não há registro da quantidade do grão que está sendo estocado a céu aberto. Porém, a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) estima que há um déficit de 5 milhões de toneladas nos armazéns do Estado. Na temporada anterior, cerca de 500 mil toneladas não tiveram local para serem guardadas.
De acordo com o presidente da Aprosoja, Glauber Silveira, o entrave persiste porque em Mato Grosso não há quantidade suficiente de armazéns para estocar tanto milho quanto a soja. “Temos uma capacidade de estocar cerca de 20 milhões de toneladas. Volume que não é pouco, mas é mal distribuído”. Silveira se refere à escassez de estoques em algumas regiões do Estado. Segundo ele, os silos estão mal localizados. Além da infraestrutura, o presidente da Aprosoja destaca a demora para escoar a produção.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: