Pular para o conteúdo

Incuria e descaso dos governos, diz Freire sobre tragédia no Nordeste.

28/06/2010

Diz Roberto Freire sobre o desastre em Alagoas e Pernambuco, onde até agora não se tem uma estatística correta sobre os tais 1.500 desaparecidos. Afirmar de novo que Geddel Vieira Lima, então ministro da Infraestrutura gastou 65% da verba de prevenção de tragédias na Bahia não é desculpa, é confissão de culpa:

“É imoral a situação que leva nossos irmãos brasileiros do Nordeste – como já ocorreu também com os do Sul – ao desespero de perder família, casa, enfim, tudo o que tinham.
Esse tudo na maioria das vezes era muito pouco, porque a tragédia das enchentes, como a da seca, golpeia aqueles que menos têm, a quem sobra os espaços mais insalubres e perigosos nas periferias das cidades.
O caráter perverso do drama que estão enfrentando alagoanos e pernambucanos é que dinheiro não deveria faltar para evitar que desastres como o que enfrentam com a chegada das chuvas ocorressem.
Nem para acudi-los com presteza e garantindo-lhes dignidade e agilidade no socorro. No entanto, lá estão eles em meio a escombros de cidades devastadas.”

Leia mais sobre o artigo de Roberto Freire, publicado no Valor Econômico, no site do PPS.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: