Pular para o conteúdo

O Petróleo ainda vale a pena como principal matriz energética?

30/04/2010

Hoje um amigo, gente humilde, mas muito bem informado, me questionava: se a British Petroleum e os Estados Unidos, operando no Golfo do México, a apenas 2.500 metros de profundidade, permitem um desastre das proporções do que está acontecendo, imagine a Petrobrás operando no pré-sal, a mais de 7.000 metros, sob ordens do comissariado do PT? Dá no que pensar, não dá?

O Brasil tem quase 100 gigawatts de potencial de energia eólica e outro tanto da soma de energias limpas, além é claro de um potencial interminável de etanol. Não precisa investir 500 bilhões de dólares, que na verdade não tem em caixa, na aventura do pré-sal. Por enquanto, o pré-sal é mesmo só marketing.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: